“Este sou eu. Eu não sou mais quem eu era um momento atrás e eu nunca mais serei a pessoa que eu sou neste momento. Enquanto escrevo estas palavras, estou mudando. Eu me tornei a mudança, a mudança é quem eu sou. Nós somos todos rios que fluem sem parar até que sequem. E, como um cara brilhante disse milhares de anos atrás, você nunca entra duas vezes no mesmo rio. Um piscar de olhos e o rio já não é o mesmo e você também não”

Fazendo intercâmbio eu aprendi e cresci como nunca antes, não é uma mudança pontual, a mudança passa a permear tudo na sua vida, é como se você se tocasse de que nada é unilateral. Se há uma coisa que aprendi vindo pra cá é que nada é tão consistente quanto a inconsistência das coisas. A efemeridade de tudo que a gente vive, de tudo que a gente tem. Eu não sinto que tenha algo a que eu possa me agarrar pra sempre, muito menos agora. Eu amo a vida que eu tenho aqui, eu amo a família que eu tenho aqui, eu amo os amigos que eu fiz aqui e todos os lugares que eu consegui, não consigo conceber um dia deixá-los pra sempre, mas sei que quando a hora chegar terei aprendido o bastante pra aceitar que a vida precisa seguir em frente. O sentimento de fazer intercâmbio é o sentimento de ser infinito.

 

Lucas Gontijo, AFSer na Suíça (2015)

(function(w,d,s,l,i){w[l]=w[l]||[];w[l].push({'gtm.start': new Date().getTime(),event:'gtm.js'});var f=d.getElementsByTagName(s)[0], j=d.createElement(s),dl=l!='dataLayer'?'&l='+l:'';j.async=true;j.src= 'https://www.googletagmanager.com/gtm.js?id='+i+dl;f.parentNode.insertBefore(j,f); })(window,document,'script','dataLayer','GTM-T86NHC9');
(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = 'https://connect.facebook.net/en_US/sdk/xfbml.customerchat.js#xfbml=1&version=v2.12&autoLogAppEvents=1'; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));