Junte-se a um movimento crescente de educadores que buscam globalizar suas escolas.

A educação em competências globais ajuda jovens a darem os primeiros passos para se tornarem cidadãos globais. Os jovens precisam de habilidades, conhecimentos e compreensões globais para prosperar e desenvolver conexões significativas com os outros, não importa onde morem, estudem, se voluntariam e trabalhem – agora e para o futuro. O Índice de Competências Globais do AFS para Escolas fornece uma maneira fácil de avaliar onde sua escola pode ajudar a promover as habilidades essenciais do século XXI em seus alunos.

 

Preencha a pesquisa!

Como funciona o Índice AFS?

15-370×210-Copia

Questionário de autoavaliação

Ao preencher o questionário, você responderá sobre como a sua escola atende aos principais elementos reconhecidos para estimular competências globais dentro da sala de aula e além dela. Preencher todas as etapas leva no máximo 15 minutos.

RECOMM-370×210

Perfil da escola e recomendações

Depois de concluir a avaliação, você receberá o perfil da sua escola, incluindo recomendações específicas para melhorar a forma como a sua escola pode se tornar mais dedicada às competências globais para alunos do século XXI.

RESOURCES-370×210-Copia

Recursos

Você terá acesso a materiais valiosos, além de melhores práticas e ferramentas para desenvolver programas de competência global na sua escola e nas salas de aula.

19944362_1623502627673854_7599841645089714940_o-1-1024×1006-1

COMPETÊNCIA GLOBAL

Por que competências globais são importantes?

Oportunidades de educação intercultural que levam à competência global ajudam os alunos a:

  • Ampliar as perspectivas sobre si e sobre o mundo ao seu redor;
  • Aprender e respeitar as diferenças e acreditar que um mundo diversificado é mais forte e interessante de viver;
  • Comunicar-se e colaborar através das culturas de uma maneira sensível e consciente;
  • Apreciar outras culturas e incentivar os outros a estarem abertos a novas ideias, atitudes e tradições;
  • Desenvolver habilidades de pensamento crítico para resolução de problemas, que são necessárias em todas as profissões – da educação à STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática).

“Se não tivermos a competência global correta, estaremos construindo nossos sistemas educacionais em areia.”

Dr. Andreas Schleicher, OECD Directorate for Education and Skills/PISA

O Índice AFS de Competências Globais para Escolas organiza os resultados em quatro diferentes perfis de escolas

BEGIN-370×210

Iniciantes

Escolas que estão começando a explorar o papel da educação na preparação dos estudantes para um mundo global. O questionário, o relatório da escola e os recursos sugeridos ajudarão os educadores, administradores e formuladores de políticas dentro da escola a atender a essa necessidade.

DEVELOP-370×210

Em desenvolvimento

Escolas que já estão trabalhando com a educação em competências globais. O relatório da escola pode ajudar a convencer educadores, administradores e formuladores de políticas dentro da escola a aumentar os recursos e testar novas ferramentas.

ADVANCE-370×210

Avançadas

Escolas que estão no caminho certo em termos de construção de competências globais em seus alunos. O relatório da escola e os recursos sugeridos podem ajudar a fortalecer seu programa com mais ferramentas e melhores práticas.

LEADER-370×210

Líderes

Escolas que estabeleceram e sistematizaram práticas de promoção de competências globais em seus alunos. No entanto, sempre há espaço para melhorias. O questionário, o relatório da escola e os recursos sugeridos podem ajudar a manter seu programa atualizado e relevante.

TTP-002-1024×768-1

Quem deve utilizar o Índice AFS de Competências Globais para escolas?

Seja você professor ou gestor escolar, você pode utilizar o Índice para explorar o quão preparada sua escola está para ajudar a desenvolver competências globais em seus alunos.

Os resultados o auxiliarão a detectar alguns dos pontos fortes e fracos de sua escola e fornecerão recomendações para que você possa estimular práticas institucionais mais fortes na construção das competências globais.

Por que o AFS desenvolveu esta ferramenta?

Enfrentando os desafios globais

O panorama atual do mundo é marcado por complexidades, desafios e oportunidades que requerem saber como aprender, trabalhar e conviver com nossas muitas diferenças. Realizar isto exige que a juventude compreenda como acolher a diversidade em todas as suas formas, o que é uma habilidade essencial no século XXI.

Apoio proativo às escolas

Governos, especialistas em educação e empregadores reconhecem que implementar competências globais educacionais o mais cedo possível na sala de aula é a forma mais eficaz de se conseguir implementá-la. Isto é relevante, tendo em vista o recente Quadro de Competências Globais do PISA 2018 (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE) e o Quadro de Competências para Cultura Democrática (Conselho Europeu – CoE).

Mais de 70 anos de experiência

O AFS, por mais de 70 anos, vem realizando programas de aprendizagem intercultural que têm como objetivo a construção de competências globais, baseados nos estudos mais avançados na área. E, hoje, oferece este conhecimento e experiência com o intuito de apoiar educadores e instituições que visem ajudar os alunos a aprender e a cooperar em meio a diferenças e a culturas diversas.

Termos e conceitos

Referências:

● Preparing Youth for an Inclusive and Sustainable World: The OECD PISA global competence framework. OECD, 2018. Disponível aqui.
● Competences for Democratic Culture: Living together as equals in culturally diverse democratic societies. Council of Europe, 2016. Disponível aqui.
● Global Citizenship Education: Preparing learners for the challenges of the twenty-first century. UNESCO, 2014. Disponível aqui.

Tem como objetivo capacitar os alunos a se envolverem e assumirem papéis ativos, tanto local quanto globalmente, para enfrentar e resolver os desafios globais e, finalmente, para se tornarem contribuidores proativos para um mundo mais justo, pacífico, tolerante, inclusivo, seguro e sustentável.

Sobre o AFS

O AFS Intercultura Brasil é uma organização internacional, voluntária, não governamental e sem fins lucrativos, comprometida em oferecer oportunidades de Aprendizagem Intercultural para contribuir com as pessoas no desenvolvimento do conhecimento, das habilidades e do entendimento necessários para criar um mundo com mais justiça e paz. Todos os anos, cerca de 12.000 jovens participam nos programas AFS que são apoiados por mais de 50.000 voluntários e funcionários em mais de 60 países em todo o mundo.

Saiba mais sobre o AFS
(function(w,d,s,l,i){w[l]=w[l]||[];w[l].push({'gtm.start': new Date().getTime(),event:'gtm.js'});var f=d.getElementsByTagName(s)[0], j=d.createElement(s),dl=l!='dataLayer'?'&l='+l:'';j.async=true;j.src= 'https://www.googletagmanager.com/gtm.js?id='+i+dl;f.parentNode.insertBefore(j,f); })(window,document,'script','dataLayer','GTM-T86NHC9');
(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = 'https://connect.facebook.net/en_US/sdk/xfbml.customerchat.js#xfbml=1&version=v2.12&autoLogAppEvents=1'; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));