A missão e o espírito AFS nasceram em 1914 em meio à Primeira Guerra Mundial quando jovens idealistas se recusaram a participar de combates e entraram no campo de batalha como motoristas de ambulância para socorrer feridos, independente de sua nacionalidade ou cultura. Este mesmo trabalho foi retomado na Segunda Guerra Mundial.

Após a guerra, um grupo de veterenos do AFS percebeu a necessidade de promover o entendimento e a irmandade internacional como forma de diminuir a intolerância entre os povos e escolheram que a melhor forma de fazer isso é por meio de experiências de imersão cultural. Assim, em 1947, surgia o AFS Intercultural Programs, hoje a maior organização de intercâmbio cultural do mundo.

O AFS começou sua história no Brasil em 1956 e desde então já enviamos e recebemos cerca de 14.000 intercambistas, fizemos parcerias com cerca de 3.000 escolas e nos tornamos parte da vida de mais de 5.000 famílias hospedeiras. Hoje, o AFS Intercultura Brasil conta com quase 1.000 voluntários que formam uma rede de atuação em mais de 100 cidades do Brasil onde possibilitam a realização de nossos programas e desenvolvem as atividades que apoiam as experiências interculturais de todos os envolvidos.